Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

King Kong (King Kong - Peter Jackson - 2005)

King Kong 2005 (King Kong – Peter Jackson – 2005)

Para começo de conversa encaro King Kong como filme de aventura e ação, nada mais do que isso. Para começo da segunda frase de conversa digo logo que King Kong em versão 2005 com efeitos da Weta e som Dolby é fenomenal e toma a respiração do espectador de forma natural. E para terceira frase do começo de conversa digo que todas as críticas que farei ao filme deverão ser encaradas como críticas à um super herói que ao invés de salvar o universo em 4 segundos o salvou em 5,5 segundos.

A direção de Peter Jackson é essencialmente segura e não me lembro em nenhum momento de pensar que isso ou aquilo pudesse ser diferente. Os planos e as tomadas são eficientes nas cenas e sequências em que são inseridas, dando o tom certo a cada pedaço do filme. Algumas, entretanto, nos lembram seu último trabalho, mas como ele provavelmente influenciou toda a história de filmes de ação que porventura seriam feitos a partir da trilogia O Senhor dos Anéis, não me incomou ele se auto influenciar.

Mesmo demorando um poquinho mais do que deveria, acho que uns 10min a menos não fariam diferença, o filme consegue deixar o espectador atento e interessado durante todo o desenrolar da aventura, que ao chegar em seu clímax não deixa sensação de que perdemos nenhuma parte realmente interessante da aventura proposta.

Poderia fazer algumas incruções pelo roteiro e o argumento do animal ser bom, mas apenas instintivo, e que o homem em sua ganância é incontrolável e que a frase final do filme deixa a mostra até que ponto negamos as consequências de nossos atos. Que pela lógica isso ou aquilo outro do roteiro está totalmente furado e tal.

Mas é antes de tudo, como falei, um filme de ação e aventura, em um mundo fantástico onde um símio de quase 10 metros de altura luta com dinossauros então não teria o porque duvidar de coisas frívolas.

O filme entretém, é bom e absurdamente real em seus efeitos (tirando um ou outro em muito ligeiras passagens) o que dá satisfação ao pagar o ingresso e sair contente com o que se viu.

Diversão de primeiríssima qualidade.
leandroDiniz
Enviado por leandroDiniz em 16/12/2005
Código do texto: T86705
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandroDiniz
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
260 textos (273071 leituras)
3 e-livros (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:40)
leandroDiniz