CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Estatística aplicada à educação

SP. BOUSAB, W. O e MORETIN, P. A Estatística Básica. São Paulo: Atual Editora, 1987.
  No livro “Estatística Básica” os autores trabalham de forma bem objetiva e de fácil entendimento auxiliando os professores e universitários, além de fornecer informações úteis para o aperfeiçoamento de sua atividade e o quanto é importante ter uma boa formação e o uso da estatística para desenvolver um bom trabalho independente da área de atuação.
No primeiro capítulo fazem uma introdução concisa do que desenvolveram no livro, no qual coloca que em algumas fases de seu trabalho, o pesquisador depara com o problema de analise e tem que entender um conjunto de dados relevante ao seu particular objeto de estudos. Ele necessitará trabalhar os dados para transformá-los em informações, para compará-los com outros resultados, ou ainda para julgar sua adequação a algumas teorias.
Desse modo, podemos dizer que a essência da ciência é a observação e que seu objetivo básico é a inferência, que pode ser dedutiva e na qual se argumenta das premissas às conclusões ou indutiva, por meio da qual se vai do específico ao geral. A inferência estatística é uma das partes da estatística. Está é a parte da metodologia da ciência que tem por objetivo a coleta de dados, a redução, a análise e a modelagem dos dados, a partir do que, finalmente, faz-se a inferência para uma população da quais os dados da amostra foram obtidos. Um aspecto importante da modelagem dos dados é fazer previsões, a parte das quais se podem tomar decisões acertadas.
Desenvolvendo na primeira parte do livro na redução, análise e interpretação dos dados sob consideração, adotando um enfoque que chamaram de análise exploratória de dados. Numa abordagem tentou obter dos dados a maior quantidade possível de informação, que indicam modelos plausíveis a serem utilizados numa fase posterior, a análise confirmatória dos dados, ou seja, inferir estatisticamente.
De acordo com a tradição, uma análise descritiva de dados limita-se a calcular algumas medidas de posição e variabilidade, como a média e variância, por exemplo. Oposto a essa disposição, uma corrente moderna, que utiliza de técnicas gráficas, em oposição a resumos numéricos, para facilitar o entendimento do que será exposto.
Assim, teremos vários modelos, pois quando se procede a uma análise de dados, busca-se alguma forma de regularidade ou padrão. Podendo utilizar-se de técnicas computacionais, métodos gráficos, conjuntos de dados.  Para explorar os dados, utiliza-se de resumos dos dados, de medidas-resumo e análise bidimensional. Trabalham com probabilidades; variáveis aleatórias discretas; variáveis aleatórias contínuas; variáveis aleatórias multidimensionais; noções de simulação; inferência estatística; estimações; testes de hipóteses; inferência para duas populações; analise de aderência e associação; inferência para várias populações e regressão linear simples.
Portanto, os profissionais terão inúmeras ferramentas para desenvolver seu trabalho e buscar meios para quantificar e pontuar as discrepâncias e tentar melhorá-las.  No caso, de educações podemos nos beneficiar com a leitura do supracitado livro, pois nos fornece dados e os principais conceitos em estatística, necessários para utilização em disciplinas específicas e para sua atuação profissional.
  Consequentemente, fornecendo conteúdo da estatística descritiva necessário para análise de dados; os conceitos de distribuições de probabilidade discretas e contínuas; as bases teóricas necessárias para a compreensão e realização da estimação de parâmetros e testes de hipóteses; noções sobre correlação entre variáveis.
Além de trabalhar com estatística descritiva: distribuições de freqüência, medidas de tendência central, medidas de variação, medidas de ordenamento. Probabilidades com espaço amostral, eventos, probabilidades clássica e empírica, probabilidade condicional, regras da adição e do produto, independência de eventos.• Distribuição discreta de probabilidade, variação; distribuição Binomial;, distribuição contínua de probabilidade, distribuição Normal; distribuição de estudantes; amostragem, teorema do limite central; distribuições amostrais da média e da proporção; intervalos de confiança para média e proporção; testes de hipóteses; erros dos tipos I e II; testes de hipóteses para média e proporção; coeficiente de correlação, regressão linear, coeficiente de determinação. Logo, serão ferramentas úteis para o desenvolvimento e aprimoramento quando se aplicada a estatística voltada à educação.
ROGÉRIO CORRÊA
Enviado por ROGÉRIO CORRÊA em 05/05/2010
Reeditado em 05/05/2010
Código do texto: T2239365
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
ROGÉRIO CORRÊA
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 41 anos
248 textos (39254 leituras)
20 áudios (501 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/04/14 03:00)