Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Assassinatos na Academia Brasileira de Letras – Jô Soares (2005)

Assassinatos na Academia Brasileira de Letras – Jô Soares (2005)

É inegável a qualidade que Soares tem para construir personagens. Do ótimo Xangô... e do segundo livro, ótimo também, O homem... ele nos presenteia com personagens bem marcantes. Mas nesse terceiro livro tenho a impressão que o personagem não tinha muita profundidade. Ele cria no automático um detetive que cita Machado de Assis a toda hora.

Dos três livros até agora escritos esse é o mais fraquinho. Ele mostra que pesquisou a fundo a época da década de 20. Mas, infelizmente, essa pesquisa toda acaba atrapalhando, muitas vezes, o enredo.

Através de uma reconstrução muito viva, os aficionados por detalhes amarão, ele vai passeando pelos capítulos como quem esqueceu que a estória vem em primeiro plano e a história participa do background.

Ao encaixar personalidades historias em lugares históricos em acontecimentos históricos ele deixa a desejar, fazendo-o de modo muito mais natural e incisivo nos exemplares anteriores.

Outra coisa que me incomodou é a obviedade da trama, a qual conseguimos deduzir chegando ao meio do livro. Não por pistas deixadas pelo autor, mas pela simplicidade da pegadinha que tenta nos pregar a fim de nos confundir até o final do livro.

Enfim, como demorei apenas quatro horas para ler esse livro, ele não sai tão mal quanto parece. Diverte e entretém de modo satisfatório, mas está longe de se tornar memorável quanto os outro dois.
leandroDiniz
Enviado por leandroDiniz em 05/07/2005
Código do texto: T31435
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandroDiniz
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
260 textos (273036 leituras)
3 e-livros (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:30)
leandroDiniz