Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LENÇÓIS AO VENTO

LENÇÓIS AO VENTO
Jorge Linhaça

Abro as janelas da alma
lençóis soltos ao vento
abraçando o firmamento.
Tarde serena e calma...

Flâmulas de meu alento
da paz qu'em mim se espalma
Abro as janelas da alma
lençóis soltos ao vento.

Solto do barco as xalmas
apaziguo os tormentos
não vejo além vivalma...
Qual os lençóis ao vento
abro as janelas da alma

 
Jorge Linhaça
Enviado por Jorge Linhaça em 27/08/2007
Reeditado em 18/04/2012
Código do texto: T626364
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Linhaça
Salvador - Bahia - Brasil, 56 anos
3724 textos (727287 leituras)
95 áudios (13154 audições)
1 e-livros (278 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 09:29)
Jorge Linhaça