Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Infortúnio

Das perdas que a vida nos proporciona,
As piores ficam cravadas em nosso peito.
É cicatriz que, sem jeito, estaciona.
Marca profunda que o tempo não dá jeito!

As maiores são as que o corpo não tenciona...
Que o deixa, por um tempo, inerte no leito.
Das perdas que a vida nos proporciona,
As piores ficam cravadas em nosso peito!

Um atentado - pequeno caroço de azeitona
E a bala vem certeira, ultrajante, com efeito!
Da mira perfeita de quem leva alguém à lona,
Mostrando a sorte num caminho estreito
Das perdas que a vida nos proporciona!


Nina_22/09/2007  -  00:43


Poesia on-line - mote do dia 21/09


Nina
Enviado por Nina em 22/09/2007
Reeditado em 19/10/2013
Código do texto: T663094
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Nina_Tupã - SP/ nininha_1308@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nina
Tupã - São Paulo - Brasil
726 textos (42144 leituras)
2 e-livros (96 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 02:07)
Nina