Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACUDA

bah, caramba, ó Mujer, que o Teu Amor me acuda!
estas obras são muitas, e tantas as personagens!
se a ler eu me puser a dormir, venga y me sacuda!
senão, sonharei que estou a contar mil vantagens!

na Terra de Santa Cruz não li a Antologia poética,
a edição estava esgotada, ou era obra expurgada;
na Ilustre Casa de Ramírez, aprendi o que é ética,
já essa tal Medéia do Eurípedes nunca foi julgada!

atravessar O Continente me foi verdadeira Odisséia,
o Vermelho e o Negro, foram o fogo, e, a escuridão;
coitado do Quixote apaixonou-se pela bel Dulcinéia,
mas mesmo com mil aventuras terminou na solidão!

estou aprendendo, contudo, que existe toda essa Trilogia Perversa:
o não ler, o não entender, o não saber... ah! e a morte só tergiversa!

Moacir ad Selena 2005
brilhe a vossa LUZ!

e, se era para lutar, lutei/se era para cansar, cansei;
se era prá Te achar, achei/se era prá Te amar, amei!


*** BIBLIOGRAFIA INSPIRADORA ***

Adélia Prado – Terra de Santa Cruz
Carlos Drummond de Andrade – Antologia poética - recomposta
Eça de Queirós – A ilustre casa de Ramires
Erico Veríssimo – O continente
Eurípides – Medéia
Homero – Odisséia
Ivo Bender – Trilogia perversa
Miguel de Cervantes – Dom Quixote
Stendhal – O vermelho e o negro
Moacir et Selena
Enviado por Moacir et Selena em 07/02/2006
Reeditado em 07/02/2006
Código do texto: T109101

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome dos autores e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moacir et Selena
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
736 textos (71175 leituras)
8 áudios (1059 audições)
5 e-livros (2339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:09)
Moacir et Selena

Site do Escritor