Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não diga nada

Sufoque a dor e fique a declamar
versos de amor, versos de paz, canções
maravilhosas, aprenda as lições
que a vida nos ensina sem parar.

Veja que lindo o som da passarada
em tarde quente. Escute esses pardais
em seus namoros, sinta quanta paz
eles transmitem... Não, não diga nada!

Escute apenas o gemer do vento
acariciando as folhas no pomar,
deguste essa pitanga, a manga rosa...

E diga se é preciso mais alento,
e veja se é possível não cantar
a força desse amor em verso e prosa.

Paulo Camelo
Publicado no Recanto das Letras em 30/03/2005
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 11/02/2006
Código do texto: T110723
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulo Camelo - www.camelo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 68 anos
909 textos (260267 leituras)
36 áudios (10733 audições)
6 e-livros (1686 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:04)
Paulo Camelo

Site do Escritor