Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DELÍRIO (POEMA QUE A GENTE ESCREVE SOMENTE QUANDO ESTÁ BEIRANDO A LOUCURA POÉTICA)

         Quero tocar a noite com meus dedos
         (essa noite repleta de energias...)
         Quero roçar a face escura, negra
         Dessa noite de mil cintilações...

         Quero deixar que o sonho imenso e belo
         De ver-me navegante dos espaços
         Siderais, tome sua forma exata
         Na hora em que fecho os olhos e estremeço...

         Quero que fluam lágrimas sentidas
         Vertidas por galáxias vaporosas
         Como se fora fogos de artifício...

         Eu quero me esvair em hidrogênio
         Nas noites dos sentidos mais poéticos
         Estrela redimida n'amplidão!





CAVALAIRE
Enviado por CAVALAIRE em 18/02/2006
Reeditado em 19/02/2006
Código do texto: T113506
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CAVALAIRE
Alagoinhas - Bahia - Brasil, 57 anos
77 textos (10065 leituras)
2 e-livros (143 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:39)
CAVALAIRE