Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RECORTE DE JORNAL:


Recorte de jornal


Era apenas, um velho recorte, de jornal.
Que, alguém guardou, apenas por guardar.
Hoje por acaso, o velho recorte, encontrou.
Sem serventia, na sesta do lixo, foi parar.

Aquele velho recorte, na minha mão parou.
Os versos, ali continham, a mais bela, poesia.
Que alguém escreveu, sem assinatura postou.
Talvez para alguém, que, ele amou um dia.

O que, ele não teve coragem de dizer a ela.
Disse, nos versos de seu poema, o que sentia.
Em cada, palavra escrita, eu sentia, sua dor.

No seu poema, deixava ver, seu sofrimento.
Mas não reclamava, pois ele sentia-se culpado.
Por não saber, como viver um grande, amor.


Volnei R. Braga:









Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 19/02/2006
Código do texto: T113636
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147462 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:54)
Volnei Rijo Braga