Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto( Deusa de branco)

Viera do Olimpo essa Deusa!
Que caminha entre nós, meros mortais,
Com caminhar e gestos divinais,
De quem possui a essência da beleza.

Seu olhar tênue à lembrança me trás,
Os tempos de amores, de paz, delicadeza,
E em meu peito uma doce tristeza
Bate, saudade de tempos atrás.

As vestes alvas, seu belíssimo busto,
Seu olhar sereno, seu corpo venusto,
Lembram-me as musas do passado.

Ao vê-la, parece-me, Sua beleza infinda,
Esta primazia com certeza é provinda
Da infinitude de algum reino encantado.

        CARNEIRO BARBOZA.
Luiz Gonzaga Leite Fonseca
Enviado por Luiz Gonzaga Leite Fonseca em 04/03/2006
Reeditado em 23/10/2012
Código do texto: T118649
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Gonzaga Leite Fonseca
São Paulo - São Paulo - Brasil, 2015 anos
30 textos (1895 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:15)
Luiz Gonzaga Leite Fonseca