Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O REGISTRO

Compareceu perante o tabelião,
Tendo nos olhos um estranho brilho!...
Ia, feliz, a registrar o filho,
Elo sagrado de sua paiaxão.

Pergunta-lhe, solene, o escriturário:
- Para fins, qual é o nome da criança?
- Vírgula - respondeu-lhe, sem tardança,
O pai emocionado e visionário.

- Vírgula?! - Espantado, o funcionário
Pensou em brincadeira ou trocadilho
E comentou: - Que péssimo e arbitrário!

Mas... quase perde, atônico, a razão.
- Sim, senhor, é esse o nome do meu filho:
Vírgula Ponto de interrogação.
Lucan
Enviado por Lucan em 05/03/2006
Reeditado em 08/04/2006
Código do texto: T119093
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86939 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:33)
Lucan