Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
A Capelinha

Lembro-me bem da minha infância, já afastada,
Quando passeava pelos caminhos, orlado de flores
entremeados de antigas e belas árvores frondosas,
parava na capelinha branca,à beira da estrada.

Havia uma atração toda peculiar nessa humilde orada,
Pois ao entrar na capelinha, sentia uma grande emoção
Que me vinha, ao lembrar, que alí, naquela estrada
Alguém perdera a vida numa curva, atropelada.

Ainda me lembro que lá perto havia uma vendinha
toda tosca, muito pobre, com uma tabuleta na porta
e que dizia:" Butiqim São Sebastião da Biqinha!"

Mas, os erros na tabuleta, já não importam...
Importante são coisas simples da vida que confortam
A família, os filhos, a horta e a capelinha!






Victoria Magna
Enviado por Victoria Magna em 09/03/2006
Reeditado em 03/08/2007
Código do texto: T120996
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Victoria Magna
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
329 textos (130045 leituras)
1 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:06)
Victoria Magna