Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VÃ TENTATIVA

Eu, cientista da alma, certo dia
Procurei ávido o elixir da verdade.
Tentei várias formas para alegria
E achar o enigma, felicidade!

Após muito buscar, a descoberta:
É feliz aquele que aceita a vida
Assim como ela é, errada ou certa,
Tenha ou não a esperança combalida.

Pronto! Era este o achado universal.
Eu, o gênio! Está patenteado o invento!
Encontrado o remédio contra o mal!

Súbito! Surge o infeliz desmentido
Sou gente! Vejo! Ouço! Fim do meu intento.
E a vida continua sem sentido!
JOÃO OSMAR
Enviado por JOÃO OSMAR em 09/03/2006
Reeditado em 21/04/2006
Código do texto: T121024
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOÃO OSMAR
Salesópolis - São Paulo - Brasil
87 textos (6394 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:25)
JOÃO OSMAR