Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canção de amor

Canção de amor, suave, terna, pura,
que sai da minha boca aos borbotões,
canção de paz, rainha das canções,
és fonte de beleza e formosura.

Divina forma de exaltar o amor,
imenso amor que brota da minh’alma,
suave melodia que me acalma,
és bela, forte, plena de fervor.

Se sais da alma pura e cristalina,
em tons e semitons tu tomas forma
e mostras a harmonia do teu ser;

ao mundo te apresentas simples, bela,
e, cristalina, te manténs perfeita,
ó pura exaltação do meu viver!
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 21/04/2005
Código do texto: T12382
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulo Camelo - www.camelo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 68 anos
909 textos (260216 leituras)
36 áudios (10733 audições)
6 e-livros (1679 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:33)
Paulo Camelo

Site do Escritor