Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Frei Gregório de Protásio Alves

Findara o dia em chuva persistente
e ao pórtico da igreja inda deserta,
não o vejo no altar divino à frente,
calmo, acolhendo a todos de alma aberta.

No átrio, onde alívio dá a tanta gente,
em torno os círios tremem a luz certa...
Parece-me que estão em permanente
e dúlcida oração que ao bem desperta.

Súbito a chama vibra e resplandece!
Fora, o vulto do freire surge e cresce,
com a noite sobre a fronte iluminada...

Vendo-o assim, caminhando com leveza,
sua imagem espelha a real grandeza
de quem resgata a ovelha desgarrada...
Reginaldo Costa de Albuquerque
Enviado por Reginaldo Costa de Albuquerque em 18/03/2006
Reeditado em 04/04/2010
Código do texto: T125052
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Reginaldo Costa de Albuquerque
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 53 anos
114 textos (11133 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:40)
Reginaldo Costa de Albuquerque