Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A OSTRA E A PÉROLA...





Ostra, eu fui…Mas hoje, pérola sou.
Tantas foram as dores, as frustrações,
tantas foram as feridas e decepções
por que o meu ser indefeso passou!...

Foram perdas, dores… preconceitos,
foram afrontas, suspeições e mágoas,
e também rejeições, ódios e fráguas
gerados no seio de fúrias sem conceitos…

Entendi, perdoei e as feridas eu aceitei.
Incuráveis que pareciam, as cicatrizei,
e pérolas surgiram… naquela ostra!

Só a ostra que foi ferida pérola produz.
Só o sofrimento pr’a cima nos conduz…
Façamos do bem e do amor a nossa crosta!



HELENA BANDEIRA
Enviado por HELENA BANDEIRA em 19/03/2006
Código do texto: T125481
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HELENA BANDEIRA
Portugal
397 textos (11666 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:13)
HELENA BANDEIRA