Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto da Confusão

Me sinto amortecido pelo tempo
Como um choque de carro
Inevitável como a natureza
Como a vida que passa sem muita moleza

Sabe quando você sente tudo ao mesmo tempo?
Quando as pessoas que te cercam não perecem estar
Estar do seu lado como deveria estar, como o vento
E como sem o vento posso ficar?

O momento de raiva se torna...
Momento de estrema beleza
E a sua ira se transforma

Naquele momento tão belo
Do inferno a mesma tristeza
Aquilo que parece tão certo...
-------------------------------------------
http://gustavovegas.blog.comunidades.net/
http://spaces.msn.com/gustavo-vegas/
O Escritor Randômico
Enviado por O Escritor Randômico em 21/03/2006
Reeditado em 08/04/2006
Código do texto: T126401
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Escritor Randômico
Curitiba - Paraná - Brasil, 28 anos
61 textos (5639 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:15)
O Escritor Randômico