Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Volúpia

Não há palavras que o descrevam.
A frescura de tua essência,
Ainda deturpa-me a consciência;
Perto de ti não há fulgores que não excedam

A barreira adocicada, a veemência
De teus lábios rubros e quentes,
Das tuas mãos de vontades ardentes,
Despindo-se de toda fugaz inocência.

A merencória luz da lua
Atira-me como vênus semi-nua
Para o teu ser ardente em chamas...

Ó paixão, ó fogo bendito!
Se o amor em teu coração inflama,
Arderei feliz em ti até o infinito!
Samantha Medina
Enviado por Samantha Medina em 22/03/2006
Código do texto: T126946

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Samantha Medina
Recife - Pernambuco - Brasil, 30 anos
120 textos (21415 leituras)
1 e-livros (40 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:20)
Samantha Medina