Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POR ENTRE OS DEDOS

POR ENTRE OS DEDOS
Lílian Maial



O mal que nos fizemos não foi tanto,
que um peito, de paixão, não se definha.
Tua voz de rouxinol, um acalanto...
pras noites sem o olhar que me adivinha.


Não me causaste medo, só o espanto,
de um arrepio intenso pela espinha.
O amor, que revelavas com teu canto,
se fez na tua mão por sobre a minha.


Por que levaste a voz e o doce olhar,
restando a melodia, em coro triste,
num eco me deixando quase louca?


Por que titubeaste em me tocar?
Talvez temendo que eu não resistisse?
Por que não exploraste a minha boca?


*********


Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 22/03/2006
Código do texto: T127030

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248733 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:40)
Lílian Maial

Site do Escritor