Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fabela da borboleta e a centopéia


Voava a borboleta imponente
por entre flores rubras, amarelas...
A centopéia, a suspirar por ela,
cumpria seu trajeto, diligente.

—Oi, "Pepéia"! Acena com desdém.
—Quanta beleza tu vês por aí?
—Vejo uma sombra logo atrás de ti,
não sei ao certo donde ela vem!

Como num raio -fração de segundo-
um passarinho, desabou-lhe o mundo
e, feito pluma, ela foi ao chão.

A centopéia sai do seu caminho,
crava a forcípula no passarinho
e mata a sombra da sua paixão.
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 27/03/2006
Código do texto: T129495
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1335 textos (57863 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:23)
Herculano Alencar

Site do Escritor