Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IDAS VINDAS

IDAS  VINDAS
Lílian Maial



           Sempre busco esse instante que passou,

           Mas me atraso, em segundos, uma era.
 
           E se volto, eu me perco de onde estou,

           Bem não fico onde o tempo me tolera.


O caminho que escolho já chegou,

E eu não chego onde o grito reverbera.

No meu eco, a palavra silenciou,

No silêncio, ouço a voz que dilacera.

 

           Se o meu tempo abre em mim funda cratera,

           Esse abismo, em que o peito se lançou,

           Sou um louco astronauta em longa espera.

 

Tenho a tola certeza do que sou,

Sei do tempo que me aprisiona fera,

Entre a ida e entre a volta, eu nunca vou.

 

******

 

Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 03/04/2006
Reeditado em 12/04/2006
Código do texto: T132921

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248724 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:29)
Lílian Maial

Site do Escritor