Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CALDO DE FEIJ├O

No verde galho desse araçazeiro,
Que generosamente debruçou-se
Para dar frutos cá no meu terreiro,
Um casal de rolinhas aninhou-se.
 
Tão simples quadro, quanto corriqueiro,
Aos olhos de minh’alma agigantou-se,
E à noite meditando ao travesseiro,
A lição sugerida revelou-se:

São tão felizes essas lindas aves!
Não são ricas, (ou são?) são tão suaves!
O segredo do amor... Certo adivinham.

Se a chuva cai e molha essas morenas,
Quando o sol surge vão ruflar as penas,
E quão fiéis que elas são, quando se aninham.

Santo Amaro,30/03/05
Raymundo de Salles Brasil
Enviado por Raymundo de Salles Brasil em 04/04/2006
Cˇdigo do texto: T133755
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raymundo de Salles Brasil
Salvador - Bahia - Brasil, 83 anos
237 textos (6820 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 02/12/16 18:12)
Raymundo de Salles Brasil