Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DO DIA DAS MÃES


És luz que brilha na senda escura,
Forte mão a retirar os espinhos,
Limpando da nossa vida os caminhos,
Para equilibrar do lar a estrutura.

Mãe, mulher que se desfaz em carinhos,
Anjo de mansidão e de fé pura,
Mas sabe a hora da palavra dura
Se os filhos procuram os descaminhos,

Atraídos pelos brilhos pavorosos
Da tentação que traz dias tormentosos,
E te faz carregar pesada cruz,

Erguendo o teu rebento vacilante,
Com amor, exposto a todo instante,
Lembrando Maria, santa mãe de Jesus.

24/04/04.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 07/04/2006
Código do texto: T135139

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343271 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:52)
Maria Hilda de Jesus Alão