Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROSALINDA





Rosalinda, no seu caminho de casa,
Leva consigo resquícios de menina:
Trava o passo, se alguém passa,
Como quando era pequenina.

E logo no rosto sardo se enlaça,
Ligeiro rubor que combina,
Escarlate vestido com que laça
O seu corpo, na posse feminina.

Rosalinda, é hoje mulher amada,
E dos homens sua loucura!
São como matilha acossada,

Perseguindo o que julgam ser seu,
Por ministério ou por feiura,
Nunca por consentimento teu.


Jorge Humberto
(11:12/Maio!02/03)
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 07/04/2006
Código do texto: T135264
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66676 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:32)
Jorge Humberto