Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SONO DO SOL



Tinge-se de lilás a tarde mansa;
Quebra o silêncio, apenas o cantar
Das aves e, das árvores, a dança
Dos galhos e dos ramos, ao ruflar.

E, lentamente, o sol, que já se cansa,
Exausto, já, de tanto iluminar,
No horizonte debruça e luzes lança,
Tingindo de fulgor o céu e o mar.

E pouco a pouco vai adormecendo...
Entre as nuvens de sombra se envolvendo,
Até pegar num sono bem profundo.

Nem chega a ver que Deus teve o cuidado
De estender um lençol todo estrelado,
Para cobrir de pérolas o mundo.


Raymundo de Salles Brasil
Enviado por Raymundo de Salles Brasil em 08/04/2006
Código do texto: T135688
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raymundo de Salles Brasil
Salvador - Bahia - Brasil, 83 anos
237 textos (6826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:21)
Raymundo de Salles Brasil