Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O grito mudo. Soneto sem “A”


Autor: Daniel Fiúza.
27/02/2003

Eu pensei como crédulo o oficio
nesse firme propósito que selei
os meus tolos versos de comício
o retorno foi o sonho que sonhei.

O vergonhoso gesto estrupício
nesse mister vivido que serei
bebendo veneno como um vício
mudez no meu destino sofrerei.

No escuro um tenebroso grito
por onde o eco se perde inócuo
sendo um ser feliz sonoro imito.

Só vendo velhos deuses que invoco
o meu próprio viver sorrindo incito
No dolo do desespero que enfoco.
Domfiuza
Enviado por Domfiuza em 09/04/2006
Código do texto: T136553
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Domfiuza
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil
1103 textos (142712 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:27)
Domfiuza