Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Demência

Quando me sinto triste e angustiado
e isto acontece com freqüência
eu me entrego à loucura desarmado
encontro abrigo na demência

A dor, esta andarilha saqueadora
quando encontra um coração incauto
lança mão de sua lábia sedutora
e o toma desprevenido de sobressalto

Não viu o que foi, não sabe agora
está escuro aqui dentro está frio lá fora
como foi que isso tudo começou?

Além da fronteira da razão
existe uma terra hospitaleira
onde habitam os degredados do coração
Heli de Abreu
Enviado por Heli de Abreu em 10/04/2006
Reeditado em 12/04/2006
Código do texto: T136607
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Heli de Abreu
Itapecerica da Serra - São Paulo - Brasil, 36 anos
43 textos (5347 leituras)
1 e-livros (64 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:58)
Heli de Abreu