Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA MÃE

Tão moça tu te foste desta lida!...
Tão cedo para o céu foste morar!
Foi Deus que te amou tanto, oh! Mãe, querida,
Que não teve paciência de esperar.

Não quis te ver sofrer, nem ver ferida
Um’alma assim tão pura e a quis levar;
Poupou-te das agruras desta vida,
Preparando-te logo um bom lugar.

Certo estou que, na sua sã sapiência,
Previra Deus a minha resistência
Para sobreviver à dor sem par.

Mas confesso-te, oh! Mãe, que ainda penso,
E egoísticamente estou propenso,
A pedir, se puderes, pra voltar.
Raymundo de Salles Brasil
Enviado por Raymundo de Salles Brasil em 12/04/2006
Código do texto: T138059
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raymundo de Salles Brasil
Salvador - Bahia - Brasil, 83 anos
237 textos (6826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:48)
Raymundo de Salles Brasil