Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Momentos

Estou entorpecido com meus medos,
Parece-me bem grande esta loucura.
Ferimentos que estão sem ataduras
Divulgam para todos meus segredos.

Coração que está cheio de amargura
Faz a mente pensar só nos defeitos,
Movimentos me parecem tão mais lentos,
Que o sangue não mais jorra, coagula.

Mas se o que vejo agora é embaçado,
E a dor do corpo abranda a covardia,
E o sono que me vem não tem espinho,

Prefiro não pensar-me neste estado,
Prefiro não negar-me a fantasia,
Prefiro só morrer, mesmo sozinho.
Lupo
Enviado por Lupo em 13/04/2006
Código do texto: T138218
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lupo
Ilha Comprida - São Paulo - Brasil, 41 anos
44 textos (1391 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:19)
Lupo