Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passará, Passarinho

Passará, passarinho tão confuso,
Tão sozinho em seu ninho, tão descrente,
Nem percebe por ser tão inocente,
Que a voz do seu silêncio lhe diz tudo.

Abra as asas, conquiste o que é seu,
Voe alto, você tem mais coragem,
Se no céu, pequenina é a paisagem,
Ao menos lembrará do que esqueceu.

Perceba nesta imagem tão bonita,
Os riachos, as praias, as nascentes,
E se dê tudo isso de presente.

Vá logo, canta alto, acredita,
Pois é lá que mais pássaros contentes,
Anseiam sua presença tão ausente.
Lupo
Enviado por Lupo em 13/04/2006
Código do texto: T138224
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lupo
Ilha Comprida - São Paulo - Brasil, 41 anos
44 textos (1391 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:27)
Lupo