Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UTOPIA

Assim como se planta árvore frutífera,
Eu queria plantar um pé de poesia,
Tão resistente à arma bélica e mortífera,
Que crescesse robusto e frutos desse um dia.

Cuja semente pura fosse tão prolífera
Que pudesse arrancar a ira e a felonia
D’alma e torna-la então tão bela quanto aurífera,
Inundando-a de versos e de melodia.

Mas que fosse de amor e paz todo meu verso,
Isento da mordaz perfídia e do satírico,
Que fosse cristalino e puro e “régio e terso...”

Que em lugar de sanções, de ódios e de guerra,
O meu verso de paz e amor – sonoro e lírico –
Ouvisse-se cantar pelos cantos da Terra.


Raymundo de Salles Brasil
Enviado por Raymundo de Salles Brasil em 14/04/2006
Código do texto: T138907
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raymundo de Salles Brasil
Salvador - Bahia - Brasil, 83 anos
237 textos (6826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:07)
Raymundo de Salles Brasil