Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EROCILDA NO CÉU


Para o repouso de Erocilda Bezerra Patriota,
trabalho e bondade, pureza de sentimento que durou tão pouco.

Erocilda no céu. São Pedro abre um sorriso
e diz – entra Erocilda, eu te esperava a tanto...
- Eu posso entrar, São Pedro? Onde é o meu lugar?
- Entra, dá meu abraço, este é lugar dos anjos.

- Mereço tanto assim  a Deus? Eu não sabia...
- Os bons não sabem nunca avaliar que o são,
um momento os revela a Deus, que tudo vê,
colhe-os em sua glória e os traz à eternidade.

- Obrigada, São Pedro, eu chego tão cansada...
A vida, o sofrimento, a dor da morte, a viagem...
Tudo isto me esgotou. Preciso descansar...

- Entra e descansa, a eternidade é tua, a gloria
de amar e reviver sem dor, sem sofrimento,
sendo eterna no bem que praticaste em vida.
 
                                  15-06-86.
joaojustiniano@terra.com.br
www.joaojustinizno.net
João Justiniano
Enviado por João Justiniano em 14/04/2006
Código do texto: T138954

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Justiniano
Salvador - Bahia - Brasil, 96 anos
619 textos (19601 leituras)
13 e-livros (1027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:03)
João Justiniano