Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É TEMPO AINDA.

           
É tempo ainda de viver, de rir, sonhar.
Tempo de trabalhar, de utilizar a vida
no mais simples e nobre, e, sem abrir ferida,
ter cheio o coração de afeto e ainda amar!

Sem medo de dizer, sem esconder o rosto,
ser o mesmo João, apaixonado, ardente,
tendo em conta que o hoje é o hoje, o sim presente,
e só parar de ser, à hora do sol posto...

Depois então, depois do pôr do sol, o adeus...
A presença a São Pedro. Eis que o Senhor é Deus
de judeu, muçulmano e cristão - do vivente.

Sem mágoa, queixa e dó. Sem medo, sem resquício
de temor ao que vem no fim... Sem precipício
de face erguida entrar no céu: - João, presente!

                                     30-06-2005
joaojustiniano@terra.com.br
www.joaojustiniano.net


João Justiniano
Enviado por João Justiniano em 14/04/2006
Código do texto: T138967

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Justiniano
Salvador - Bahia - Brasil, 96 anos
619 textos (19608 leituras)
13 e-livros (1027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:16)
João Justiniano