Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

449-MUNDO POETA-Sonetilho HEPTASSÍLABO TROVADOR

449-MUNDO POETA-Sonetilho TROVADOR
Heptassílabo ou Redondilha Maior(*)(Setissilábico)

(Quem)( qui )( ser )( es )( cre  )( ver )( TRO)VA
( vi )( si  )(te o )( MUN)( DO   )( PO  )( E  )TA
( to )(da a )( be  )( le )( za   )( com )(pro )va
( no )( com )( pas )( só )( de um)( es  )( te )ta.

(Tro )( va )( não)( é  )( coi )( sa )(no )va,
(pois)( ri )( mar)(nes )( ta  )( fa )(ce )ta
( a  )( su )( a  )(men )( te  )( re )(no )va
( se )( a  )( mé )(tri )( ca é)( se )(le )ta.

(Ro )( er  )(to  O)( li )(vei )( ra  ) (tem)
( u )(ma ex)(pe   )( ri )( ên )( cia ) tal
(lo )( go  )(que a)( ma )( té )( ria ) vem,

( Lê )(  e )( re  ) ( lê )(a  )(men )( sa ) gem
( re )( vi )(sa o ) (tex )(to )( to )( tal,)
( na )(tra )( ba  ) (lho )(sa )( pos)( ta ) gem.

Belo Horizonte, 16 de abril de 2006.
(*) silumotta@hotmail.com
www.silviaraujomotta.virtualismo.com.br
www.recantodasletras.com.br/autores/silviaraujomotta

LEMBRETES::
1-Em primeiríssimo lugar,
sugerimos pesquisar no Recanto das Letras:
“COMO FAZER TROVAS:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/131960
2-O VERSO DE SETE SÍLABAS,
ou de REDONDILHA MAIOR,
foi sempre a QUADRA OU
QUADRINHA POPULAR,
por excelência, das literaturas
de língua portuguesa e espanhola.
Verso básico da poesia POPULAR,
desde os TROVADORES  medievais
aos modernos cantadores do Nordeste brasileiro,
 o HEPTASSÍLABO NUNCA
foi DESPREZADO pelos
POETAS CULTOS, IMORTAIS,
que dele serviram por vezes
 em poemas de ALTA
INDAGAÇÃO FILOSÓFICA.
temos belas Trovas de Camões, Fernando Pessoa,
D. Pedro I, Adewlmar Tavares,
da Academia Brasileira de Letras...
Vale lembrar que as TROVAS
são muito aplaudidas, quando
corretas e bem apresentadas,
recebem premiações
nacionais e internacionais,
pelos milhares de concursos
que são veiculados
semanalmente.
O heptassílabo é usado em oito
movimentos rítmicos de Castro Alves:
a)-ritmo alternante de sílaba forte e fraca
ex: gota a gota o orvalho cai.(7)
b)-variante do tipo anterior, com falta de acentuação na 1ª sílaba:
ex:Enrolada em frios véus(7)
c)-variante do primeiro tipo , sem acentuação na 5ª sílaba:
ex: Dizem rezas ao luar(7)
d)-variante também do primeiro tipo, sem acentuação na 1ª e na 5ª sílaba:
ex: e das lascas dos patíbulos (7)
e)-acentuação na 4ª e na 7ª sílaba:
ex: nas avarezas do amor (7)
f)-variante do tipo precedente, com acentuação também na 2ª sílaba:
ex: Nos belos gelos do pólo.(7)
g)- variante do tipo (e), com acentuação também na 1ª sílaba:
ex: pensas nos climas distantes(7)
h)-acentuação na 2ª, na 5ª e na 7ª sílaba:
ex: A glória no louco afã.
1) Outra CADÊNCIA possível dentro das peculiaridades fonéticas do idioma -o HEPTASSÍLABO com acentuação na 1ª, na 5ª e na 7ª, que por sua raridade, pouco usada..
Cecília Meireles usou algumas vezes, o heptassílabo em cadência rara.

Belo Horizonte, 16 de abril de 2006.
(*) silumotta@hotmail.com
www.silviaraujomotta.virtualismo.com.br
www.recantodasletras.com.br/autores/silviaraujomotta
Silvia Araujo Motta
Enviado por Silvia Araujo Motta em 18/04/2006
Código do texto: T140938
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Araujo Motta
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
6556 textos (669166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:29)
Silvia Araujo Motta