Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APAIXONADO





Que é isto que trago no peito
E que me embriaga de mil olores,
À noite na cama, quando me deito,
E empresta à alma novos sabores?

Se em mim me acho por defeito,
Pois que durmo com todas as dores,
Então como aqui, sonho tão perfeito,
De rosas e perpétuos amores?

Nada em mim é o que parece,
Sou como aquela flor que fenece,
Ainda antes de ter sido flor.

Mas se isto que trago no peito é nada,
Como a palavra aqui empregada,
Então porque lhe chamarei eu… Amor?


Jorge Humberto
18 de Janeiro, de 2003, 20:02:03
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 21/04/2006
Código do texto: T142787
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66669 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:46)
Jorge Humberto