Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO





Como ter-te sem te saber aqui,
Como saber-te sem te respirar,
Como te olhar vendo-me a mim,
Como sozinho e ver-te chegar;

Como aqui se te suponho a ti,
Como alguém a quem esperar,
Como perto o que longe está assim,
Como um espelho a se quebrar;

Como cego e testemunhar
Que há silêncio nisto tudo,
Tão audível como o calar;

Como quando nesse instante
Fora aqui o imenso Mundo,
E achar-lhe o Levante.



Jorge Humberto
(14:04/Maio/02/03)








Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 23/04/2006
Código do texto: T143770
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66669 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:01)
Jorge Humberto