Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Som da alma.

   
      Uma vez te perguntei: meu amor,

      já sentiste o som da tua alma?

      Me respondestes: não, só sinto o tamborilar do coração!

      Pois eu, veja só, escuto minha alma.

     
      Vez por outra ela é silenciosa, até parece inexistir.

      Noutros momentos é barulhenta, como criança a brincar.

      Não a conheço direito, não sei se é alegre ou triste.

      Mas ouso dizer que talvez seja as duas coisas.


      Alguns me dizem que tenho uma alma profunda e então

      Fico a me perguntar o que será que isto quer dizer?

      Será que é bonito, será que é bom, será que é gratidão?


      Acho que isso tudo é apenas ilusão pois quando a escuto

      Não vislumbro nada dessas coisas poéticas que dizem.

      Apenas acarinho essa alma pequenina que me acompanha!

      E dança dentro de mim um balé moderno e erudito ao mes-

      mo tempo. Que andas a fazer comigo, minha alma?
Marla
Enviado por Marla em 25/04/2006
Reeditado em 09/05/2006
Código do texto: T144794

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marla
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
46 textos (2508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:26)
Marla