Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE NÃO MORRAM OS SONHOS

A Rodrigo de Salles Brasil, que não quis (ou não soube, ou não pode) sorver o néctar da vida – o sonho.

A luz brilhava na estrada
Por onde – moço – passei;
Por sonhos iluminada...
E afoitamente viajei.

Na ânsia desta jornada
Muitas rampas escalei,
Espinhos de ponta afiada
Com os pés descalços pisei.

Hoje chego ao fim da estrada
Sem querer flores nem festa.
Basta-me, ao fim da caminhada,

Ver, em pequenos tamanhos,
Na pouca luz que me resta,
Ainda luzir alguns sonhos.

Raymundo de Salles Brasil
Enviado por Raymundo de Salles Brasil em 25/04/2006
Código do texto: T144927
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raymundo de Salles Brasil
Salvador - Bahia - Brasil, 83 anos
237 textos (6822 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:33)
Raymundo de Salles Brasil