Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ORAÇÃO DOS OITENTA


Cheguei, Senhor, aos oitenta,
E louvores te ofereço.
Contando com teu apreço,
Quero mais, peço os noventa.

De joelhos subo e desço
A ladeira do Bonfim.
Ninguém vai rezar por mim,
Rezo eu próprio e te agradeço.

Sou de Oxalá, tenho fé,
Uso a fita de Giné
E me benzo na água benta.

Por que não permitirias
Que eu rezasse ave marias,
E padre nosso ao noventa?
João Justiniano
Enviado por João Justiniano em 03/05/2006
Código do texto: T149585

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Justiniano
Salvador - Bahia - Brasil, 96 anos
619 textos (19608 leituras)
13 e-livros (1027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:15)
João Justiniano