Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PIRRAÇA

Nunca mais fez um verso, nunca mais!...
Já deve ter perdido a inspiração!...
Olhando a lua já não foi capaz
De fazer, como outrora, uma canção.

Das coisas belas já nem vê sinais,
Pressente, ao por do sol, a escuridão,
Olhando as cores – as enxerga iguais
E o seu lirismo já perdeu a unção;

Romântico que foi vendo as manhãs –
As portas de cristal de um paraíso –,
E vendo em tudo um bosquejar de riso...

Hoje, depois que o tempo deu-lhe as cãs,
Tirou-lhe o sal, tirou-lhe o doce e a graça,
E deixou-lhe o viver, só por pirraça.
Raymundo de Salles Brasil
Enviado por Raymundo de Salles Brasil em 04/05/2006
Código do texto: T150007
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raymundo de Salles Brasil
Salvador - Bahia - Brasil, 83 anos
237 textos (6823 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:28)
Raymundo de Salles Brasil