Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHAS RUGAS


Passei a mão lentamente sobre o rosto
em movimentos estudados e sem pressa,
queria eu sentir cada ruga, sentir o gosto
de todas rugas  que o tempo nos processa.

Queria poder sentir as rugas salientes,
que se haviam formado com  o tempo
e mesmo sem eu me sentir contente,
observo as dos meus olhos novamente.

E assim vou seguindo o meu caminho,
sempre avesso ao processo da velhice,
não esqueço  de aceitar o meu destino.

Sendo assim, logo após eu conseguir
encontrar o que quero e o que  desejo,
satisfaço-me com a idade que eu vejo.



28/04/06 -VEM

Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 07/05/2006
Reeditado em 25/06/2013
Código do texto: T152010
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (110782 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:44)
Vanderleis Maia