Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO MEU

Tenho vontade de fazer um soneto,
por isso iniciei essa linha escrita.
Quero que seja bem bonito e também discreto,
que no final fique sendo uma poesia perfeita.

Mas tenho medo de que não fique digno,
de um soneto merecedor de meu amor.
Conto com a força que há em meu signo,
pois o taurino é capaz de traduzir o amor.

Tudo que quero é um soneto meu,
feito por mim, escrito com minhas mãos
e com meu esforço de um poeta bem’eu.

Aqui cheguei, eis o fim meus irmãos.
Creio que cumprir com meu objetivo tão réu,
por mim mesmo e assim digo que: o soneto morreu.


Tássio Telles, Nazaré da Mata/PE, 2 de maio de 2002.
Tássio Telles
Enviado por Tássio Telles em 11/05/2006
Código do texto: T154285

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tássio Telles). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tássio Telles
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 36 anos
55 textos (1705 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:50)
Tássio Telles