Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SONHADOR

Seu tempo, quase todo, célere, passou,
Fluiu, e o que lhe resta agora é muito escasso.
Só temo que não baste a quem tanto sonhou...
Ah, hão de sobrar sonhos porque falte espaço!

Sonhar foi sua marca, seu viver, seu traço;
De sonho em sonho a vida lhe embalou,
Foi uma mão possante e foi um forte braço,
Foi, nas horas de queda, o que lhe sustentou.

Viveu sempre sonhando e morrerá sonhando;
Se assim Deus permitir, morrerá laureado;
Deve morrer assim, a sonhar, delirando...

E ainda quer deixar aqui, na despedida,
Um sonho – a flor de um fruto a ser saboreado –
Onde ficar seu sonho, há de ficar sua vida.

Raymundo de Salles Brasil
Enviado por Raymundo de Salles Brasil em 12/05/2006
Código do texto: T154635
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raymundo de Salles Brasil
Salvador - Bahia - Brasil, 83 anos
237 textos (6823 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:40)
Raymundo de Salles Brasil