Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM POEMA SEM ALMA

Eu desejei fazer um belo poema
Que não fosse de amor – eis a questão.
Que pudesse abordar qualquer um tema,
Que não ferisse as cordas da emoção.

Um poema frio, mas de eficácia extrema,
Que impressionasse apenas a razão,
Demonstrado por regra e por teorema,
Como se o verbo fosse uma equação.

Meu pensamento quase se extenua
De tanto se esforçar na busca à-toa
De um poema sem alma – que idéia tonta!

Foi como noite de luar sem lua,
Um inverno de julho sem garoa,
Como fazer amor fazendo conta.

Raymundo de Salles Brasil
Enviado por Raymundo de Salles Brasil em 12/05/2006
Código do texto: T154647
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raymundo de Salles Brasil
Salvador - Bahia - Brasil, 83 anos
237 textos (6826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:13)
Raymundo de Salles Brasil