Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto





ESPERANÇA

Quando me encontraste tal agulha
Em um palheiro perdida em mágoas
Sufocada, afogada em frias águas
Já não via mais a cor do arco íris

Alimentaste em mim esperanças
Costuraste meu coração em ferida
Arremendaste com linha de seda
A minha alma já quase partida

Plantaste em mim a semente da vida
Que se ergue em busca dos raios do sol
Florescendo em galhos frondosos
Desabrochando em primavera florida

Que nasçam os frutos: que sejam Benditos !
E que nos eternizem na continuidade ...

*


Raio de Lua
Enviado por Raio de Lua em 12/05/2006
Reeditado em 03/05/2010
Código do texto: T154770
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Raio de Lua
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
2394 textos (1398055 leituras)
15 e-livros (54395 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/17 03:05)
Raio de Lua