Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto do amor

Quem tende a dizer que não ama
Mas que no fundo do amor sofre
Deve ter mais fogo em sua chama
Para que a alegria não se esgote

Quem tende a não expor o que sente
Nunca pode gozar do tudo
Pois o amor vai além da nascente
vai além do céu e do mar profundo

Porém não há peito que suporte
Os tropeços do nosso destino
e a dúvida de um novo caminho

Não haverá alegria, sem que a sorte
Ilumine o que encontra-se escrito
Pelas mãos de Deus, em nosso livro
Gele
Enviado por Gele em 21/05/2006
Código do texto: T159904
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gele
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 31 anos
35 textos (1290 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:53)
Gele