Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
                       Quisera reter o momento da aurora
                       Este instante mágico perpetuar.
                       Eternizar a alegria que aflora,
                       Ao toque do seu corpo a me depertar...

                      É tão lindo esse momento.Mas, a manhã,
                      Pela porta adentra enciumada,
                      E joga sua luz ofuscante, no afã,
                      De por um fim nessa hora encantada.  

                      Aos poucos eu me rendo com desgosto
                      Ao devasso impudor da jovem manhã,
                      Que sofregamente me beija no rosto,

                      E me joga no meio da multidão...
                      Multidão que é fria, indiferente
                     Ao calor que trago no coração.

                    Mas  comigo , vai esta terna chama,
                    Arrancada que foi dos cobertores,
                    Trazida ao mundo, do meio da cama!
                       
                      






                      
Teca
Enviado por Teca em 26/05/2006
Código do texto: T163546

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1121 textos (122851 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:26)
Teca

Site do Escritor