Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SALESÓPOLIS ANTIGA


Ruas de terra, sem asfalto e sem sarjetas.
Casas antigas, mal cuidadas, sem pintura,
Gente descalça, gente linda de alma pura,
Crianças meigas, e moleques “espoletas”.

Casais de namorados, flores e candura,
O esvoaçar de multicores borboletas.
O chafariz da praça, a banda das retretas,
A escola, a igreja, o mercadão, a Prefeitura...

Tudo isso traz-me a dor intensa da saudade!
É uma dor angustiante, que minha alma invade,
Dessas coisas singelas que não voltam mais!

E quase não termino este simples soneto
Porque já estou chorando, ao fim deste terceto,
Com a saudade imorredoura de meus pais!

Lucan
Enviado por Lucan em 05/06/2006
Código do texto: T169910
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86960 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:15)
Lucan