Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soberana


Soberana

Passavas, soberana na avenida,
Co’a tímida elegância das gazelas,
Solene no teu passo de donzela,
Ingênua, deslumbrante e destemida.

A urbe te seguia embevecida
Das portas, das calçadas, das janelas,
Pois todos se encantavam com a bela
Que aos poucos se afastava distraída...

E todos perseguiam teu trajeto
Na doida pretensão de ouvir um sim,
Na busca dum olhar, dum riso, um gesto.
                               
Porém ninguém jamais te viu tão perto...
Pois juro que brilhavam para mim
Os teus olhos de céu, cheios de afeto.
 


Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 07/06/2006
Código do texto: T171101

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (83357 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:04)
Vaine Darde