Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Raiva



            Raiva

Minha raiva de ti é tão covarde
que armada dum rancor inconseqüente
só finge o desamor que nunca sente
e frágil, quase morre de saudade...

Assim, quando brigamos, de repente,
desprezo-te com pura falsidade
impondo o meu silêncio, por maldade,
fingindo-me distante e indiferente...
   
Mas, basta teu olhar, basta um sorriso
pra que eu tenha a visão do paraíso
e a ternura deponha meu rancor.

Basta só uma só palavra tua
pra que a raiva que em mim se insinua
se ajoelhe aos teus pés pra ser amor...

Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 07/06/2006
Código do texto: T171124

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (83376 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:18)
Vaine Darde